quarta-feira, 25 de março de 2015

Análise de câmera revelou que atropelamento foi causado por motociclista

Após análise de câmera de segurança, a Polícia Civil descobriu que carro não atropelou pai e filha neste sábado (21) na Lagoa, RJ.  O envolvido foi um motociclista que também sofreu ferimentos no acidente.

O acidente ocorreu na Lagoa, Zona Sul do RJ. Miguel Bruno de Souza, 65 anos, atravessava a rua acompanhado pela filha, Maria Eduarda, de 10 anos. Segundo testemunhas o autor do acidente teria sido carro, mas a câmera revelou que motociclista atropelou pai e filha.  Maria Eduarda já passa bem e está fora de perigo, Miguel ainda se encontra em estado grave.


I
dentificado como Joaquim Alves , de 25 anos. O autor prestou depoimento e mudou a versão inicial do acidente, afirmou não existir nenhum carro preto envolvido no acidente.

Segundo os investigadores, o motociclista Joaquim  vai responder por lesão corporal culposa. Ele é reincidente, porque já tinha atropelado outra pessoa na Barra da Tijuca. A pena é de 6 meses a 2 anos de prisão.


Confira a matéria sobre o caso no nosso Blog: link
   

3 comentários:

  1. Muito boa sua matéria. Você escreve muito bem e esclarece tudo. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, busco sempre esclarecer tudo pro leitor.

      Excluir
    2. Obrigada, busco sempre esclarecer tudo pro leitor.

      Excluir