segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Outubro rosa - câncer de mama

É necessário ter força familiar e interna para o tratamento. A mulher tem essa força, mulher é guerreira e não desanima facilmente, o rótulo de ''sexo frágil'' não as denominam, aquela que é mãe e pai , futura mãe, avó, lutam pelos seus filhos e sua casa, a força é seu segundo nome. 

                             
Câncer de mama é tipo de câncer que mais afeta as mulheres no mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).


No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres.


                             

 O câncer de mama é dividido em quatro estágios, conforme a extensão da doença, que vão do 0 ao 4. Estágio 0: as células cancerosas ainda estão contidas nos ductos, por isso o problema é quase sempre curável. Estagio 4: tumores de qualquer tamanho com metástases e, geralmente, há comprometimento das glândulas linfáticas. No Brasil cerca de 60 a 70% dos casos são diagnosticado em estadio 3 ou 4.  Por isso a importância de fazer sempre os exames, o quanto antes é melhor


As mulheres entre 40 e 69 anos são as principais vítimas de câncer de mama. Isso porque a exposição ao hormônio estrógeno está no auge com a chegada dessa idade. O câncer de mama pode também atingir homens. 
                           

Além da
 mamografia
, ressonância magnética, ecografia e outros exames de imagem que podem ser feitos para identificar uma alteração suspeita de câncer de mama, é necessário fazer uma biópsia do tecido coletado da mama.  

E neste mês de outubro, é comemorado o outubro rosa, a conscientização do câncer é maior, este mês o período da prevenção é intensa e tem como símbolo o laço rosa. É importante as observações sobre os sintomas e analisá-los.

                           
                          

Nenhum comentário:

Postar um comentário